Homem com H maiúsculo

Homem com H maiúsculo
Por que o homem é a maior obra de arte

segunda-feira, 26 de março de 2012

Viagem ao Uruguay

Depois de muito tempo sem postar (cansado por causa do mestrado e mais outras mil coisas), resolvi voltar em grande estilo. Fiz uma viagem maravilhosa ao exterior e conheci a pequenina (e charmosa) República Oriental do Uruguai. Fui com 9 amigos, aliás, 2 deles eu nem conhecia e fui conhecer só no Galeão. Meus melhores amigos de Niterói também foram, Cravo, Breno e Jardel.
Queria dividir nesse espaço momentos marcantes através de imagens. Algumas fotos eu só vou postar outro dia por que ainda não peguei as fotos que estão na máquina dos meus amigos, mas já posso dividir com a galera as fotos da minha própria máquina. Aí vai:

Chegada ao Aeroporto Internacional de Carrasco

Como a Pluna atrasou o avião, ela disponibilizou um ônibus para nos levar ao nosso albergue na Plaza Independencia


Assim que deixamos as bagagens no albergue, não perdemos tempo e fomos a pé para uma boate pra curtir a primeira noite. No caminho vimos essa placa e fotografamos. Aulas de português! Está aí um emprego para brasileiros que queiram ir pro Uruguai. :)

Essa é a Boate Caim, ou, como se fala no Uruguai, Boliche Caim...

Nem preciso dizer que estava super bêbado, né?

Esse é o Juan, um uruguaio que conhecemos e que ficou com um colega do nosso grupo. Ele era simpático e disse que viria ao Rio em Maio.





Eu e Alejandro, menino que conheci na boate. Não dava pra entender nada que ele dizia, rs.

Colegas e amigos brasileiros que viajavam comigo


Eu e o Juan


A noitada só acabou de manhã cedo e saímos pra comer numa padaria. Foi legal treinar o espanhol. Eles falam rápido e é bem difícil de entender.


No caminho de volta pro albergue, paramos nessa estátua pra bater umas fotos e batemos o maior papo com os meninos uruguaios que estão no canto esquerdo da foto. Como a maioria dos uruguaios, eles amam o Brasil, falam mal da Argentina e ficam paparicando os brasileiros. Conversamos sobre futebol e eles me zuaram por usar uma camiseta da Argentina. Poucas vezes conheci pessoas tão agradáveis com estranhos em toda minha vida.

Essa é a Plaza Independencia, coração da cidade velha de Montevideo. Um lugar bem bonito. Lindas palmeiras imperiais e prédios antigos charmosíssimos. Destaque para o prédio abaixo, o Palacio Salvo, que é um símbolo do Uruguai e de sua capital.
(PS: ignorem minhas pernas finas, rs).


Ainda na Plaza Independencia, vemos o Palácio da Presidência da República ao fundo



A Porta da Cidadela

Eu e meu amigo Cravo (tiramos muitas fotos juntos)

La Pasiva é o nome de uma importante rede de lanchonetes do Uruguai. Nome sugestivo, não?

As praças de Montevideo, diferente das brasileiras, são bonitas, bem cuidadas, limpas e não estão cheias de mendigos.


O Mercado del Puerto é um ótimo lugar para comer. Os uruguaios parecem gaúchos hispânicos. Tem chimarrão e churrasco pra todo lado!
O prédio do local é bem rústico e interessante com um lindo relógio antigo no centro da construção.


Andamos em direção ao porto de Montevideo e caminhamos pela orla. Não imaginava que as praias fossem tão bem cuidadas.



Essa foi uma das minhas fotos favoritas da viagem. Acho que saí bem... :)





Teatro Solis, vale a pena conhecer.


Fomos passar uma tarde na Praia de Pocitos. O bairro de Pocitos me pareceu ser a Zona Sul de Montevideo. Engraçado foi ver gente fumando maconha de boa na praia e ainda te pedindo fogo na areia. Maconha lá é legalizada para consumo. Não só no quesito "Praças Bonitas" o Uruguai dá exemplo ao Brasil.



Olha eu aí em Pocitos:                               :)


Nossa próxima parada foi um barzinho de Montevideo. Nas duas próximas fotos dá pra ver toda a galera: 10 amigos e colegas de Niterói e São Gonçalo que se aventuraram no Uruguai. Muito bom!

Uma das horas mais divertidas foi quando fizemas a brincadeira de adivinhação. Hilário!!


Depois que o barzinho encheu, viramos uma atração a mais da noite. Dez brasileiros falando português e todo mundo olhando. Durante o show da Trava, ela veio pessoalmente em nossa mesa e perguntou o nome de cada um. O pior foi que não entendíamos nada das piadas. O espanhol mais rápido que já ouvi na vida foi nesse dia. Todo mundo rindo das piadas e nós brasileiros lá, com cara de paisagem... hahahhahaha

Por fim tiramos uma foto com a Trava.


Depois de Montevideo partimos pra Punta Del Este. Que azar! Foram os únicos dias nublados da viagem!


A parte antiga de Punta Del Este é uma graça! Essa igrejinha com esse Farol (aliás, tem muitos faróis no Uruguai) são uma graça.



Pegamos um ônibus para ir conhecer a Casapueblo,casa de verão do artista Carlos Páez Vilaró. Ele mesmo a desenhou num estilo greco-mediterrâneo. Atualmente ela abriga um Museu com as obras do artistas. O lugar é uma graça! Vale muito a pena! Fica em Punta Ballena, pertinho de Punta Del Este.

Eu e meu amigo Breno, dentro da Casapueblo!
Aí eu troquei de amigo, com Cravo! Rs!



Agora sou eu com meu amigo Jardel!!! :)

Num breve momento de sol, corremos pra praia em Punta del Este!




Alugamos um carro e resolvemos percorrer o litoral do Uruguai no sentido leste! Fomos até o lindíssimo Parque Nacional de Santa Tereza. Um dos momentos mais mágicos da viagem! Esse parque é lindo e possui três praias belíssimas e preservadas!

O Cravo tem sérias dificuldades em ficar de olhos abertos nas fotos. :p









Fomos nos banhar numa das praias do parque, a Playa de las Achiras!


Depois da praia fomos conhecer a Fortaleza que fica no mesmo Parque!


Subimos de carro até a fronteira do Uruguai com o Rio Grande do Sul. De um lado da avenida é o Chuí Uruguaio e do outro é o Chuí Brasileiro.

Voltando para Punta del Este fomos parando em alguns lugares do litoral. Abaixo é a Playa de Punta del Diablo.


Abaixo são fotos do Farol de La Paloma. Vale a pena subir, mas quem não está em forma sofre um bocado!
Vista de cima do Foral da cidadezinha de La Paloma.



Abaixo são cinco fotos da praia que mais gostei de conhecer no Uruguai. Trata-se de Cabo Polonio. O lugar é cheio de bancos de areias e dunas, dessa forma não há como chegar na cidade de carro. Você tem que deixar seu carro num local a 7 km da cidadezinha e pegar um pau de arara até lá. Que lugar lindo! Nunca me esquecerei de Cabo Polonio e um dia quero ir lá com um namorado pra passar alguns dias. É romântico e belo!


Farol de Cabo Polonio.


Se liguem no azul do mar de Cabo Polonio...



Voltamos a Punta pra devolver o carro e partir de volta pra Montevideo. Tiramos umas fotos em frente o grande cassino Conrad.


De Montevideo fomos conhecer a cidade antiga de Colonia del Sacramento. É uma cidade histórica, tipo Ouro Pretp. Fica à beira do Rio da Prata. Há um barco na cidade que faz a travessia até Buenos Aires. Leva uma hora.

Subimos nesse outro Farol pra tirar fotos de Colonia do alto.


Esse é o barco que faz a travessia pra Buenos Aires.

Bem ao fundo podemos ver a capital argentina...

Andamos pela cidadezinha e batemos algumas fotos. A arborização dá o charme para o local.


O último dia passamos em Montevideo de novo. Esse daí é o Congresso Nacional.

Abaixo, um dos poucos prédios modernosos de Montevideo, a Torre da Antel.


Caminhamos pelo centro histórico de Montevideo, mas dessa vez no sábado. Um charme as feirinhas.

E as praças continuam humilhando as do Brasil...

Almoçamos no Marcado del Puerto!


Por último fomos no Estádio Centenário! Pra um amante do futebol, um verdadeito sonho!

No Aeroporto de Carrasco, na hora de ir embora pro Rio. Se liga nesse pôr de sol...


Uma viagem inesquecível!
Melhores coisas do Uruguai (ordem aleatória):

Os alfajores, principalmente o Sierra de Minas e o Colonial que comi em Punta Del Este
Montevideo
Cabo Polonio
Parque Nacional de Santa Teresa
Os homens. Os "chicos de Uruguay" podem não ser muito diversos (são todos branquinhos de cabelo preto), mas são muito lindos! 
Recomendo muito irem ao Uruguai e se divertir muito! Abraços!