Homem com H maiúsculo

Homem com H maiúsculo
Por que o homem é a maior obra de arte

sexta-feira, 28 de janeiro de 2011

Tiago, o idealista

Tiago da Silva Ferreira, eu: um idealista romântico ou um visionário militante?

Eu adoro o auto-conhecimento. Sinto prazer em mergulhar nas entranhas da minha própria alma em busca de desvendar os mistérios de mim mesmo. Quem sou eu? O que eu sou? O que serei? Como vejo os outros e como eles me vêem? Lembro-me que no Ensino Médio fiz meu primeiro teste de personalidade. Foi na aula de psicologia. De acordo com aquele teste, existiam quatro tipos de personalidade: Fleumático, Melancólico, Colérico e Sanguíneo.
O Fleumático é aquele cara tranquilo, calmo, sem muitos altos e baixos. É introvertido, confiável, mas desconfiado. Faz poucos amigos, mas é muito leal a eles. Desmotiva-se com facilidade e se contenta com pouco.Se dá bem com a rotina e cumpre tarefas muito bem, mas pode ser conservadora e rígida. É um sujeito equilibrado e de bem com a vida.
O Melancólico é sensível e emotivo. Tende a ser introspectivo e tímido, mas é muito imaginativo e criativo, com tendências artísticas e muita empatia. Por outro lado, pode ser pessimista e ansioso. Tem dificuldade de cumprir algumas tarefas, por ser muito distraído e perder o foco.
O Colérico é líder nato, otimista, dinâmico, autônomo e trabalhador. Assume riscos e enfrenta desafios! Mas também pode ser agitado demais, arrogante, insensível e prepotente. 
O Sanguíneo é ativo, social e amável. É muito popular, disposto, cheio de energia e falante. Pode, entretanto, ser exagerado e acreditar nas próprias fantasias, tendendo a uma credulidade excessiva.

Quando realizei esse teste em 2001, aos 16, deu Colérico como resultado. Hoje eu vejo que, insconscientemente, eu manipulei o resultado. Acho que eu gostaria de me ver como alguém que poderia ser um líder, uma pessoa destemida, forte e implacável! Coisa de adolescente retardado! Anos depois, quando comecei a aprender melhor quem eu era, refiz o teste. Deu Melancólico! Eu sabia que era bem mais a minha cara!  Emotivo, coração mole, chorão... vivo no mundo da lua, preso na imaginação que eu mesmo criei. Sim, era eu, sem dúvidas! 

Agora, dez anos depois de fazer o primeiro teste, conheci um outro teste de personalidade muito mais interessante, o Teste de KeirseyO teste de temperamento de Keirsey é baseado na teoria dos temperamentos de Carl Jung e nos testes de Meyers e Briggs, que desenvolveram a teoria de Jung. Keirsey classifica 4 tipos/perfis de temperamentos (cada um subdividido, por sua vez, em 4 subtipos, totalizando 16 combinações possíveis) que conduzem a atitudes e comportamentos.

Esses 16 tipos são representados por quatro letras, cada uma referente a um tipo. As dicotomias são:
Extroversão (E)              (I) Introversão 
Sensorial (S)       X   (N) Intuição
Razão (T)                        (F) Emoção
Julgamento (J)                (P) Percepção

ATITUDES
  1. Extrovertidos (E). Obtém sua energia através da ação; gostam de realizar várias atividades; agem primeiro e depois pensam. Quando inativos, sua energia diminui. Em geral, são sociáveis.
  2. Introvertidos (I). Obtém sua energia quando estão envovidos com idéias; preferem refletir antes de agir e, novamente, refletir. Precisam de tempo para pensar e recuperar sua energia. Em geral, são pouco sociáveis.


FUNÇÕES
As dicotomias Sensorial-Intuição e Pensamento-Emoção são frequentemente chamadas de Funções  Os indivíduos tendem a preferir uma dicotomia em relação à outra.

Sensoriais e Intuitivos: descrevem como a informação é entendida e interpretada.


  1. Sensoriais (S). Confiam mais em coisas palpáveis, concretas, informações sensoriais. Gostam de detalhes e fatos. Para eles o significado está nos dados. Precisam de muitas informações.
  2. Intuitivos (N). Preferem informações abstratas e teóricas, que podem ser associadas com outras informações. Gostam de interpretar os dados com base em suas crenças. Trabalham bem com informações incompletas e imperfeitas.

Racionalistas e Emocionais: descrevem como as decisões são realizadas.


  1. Emocionais (F). Decidem com base nas suas emoções e sentimentos.
  2. Racionalistas (T). Decidem de uma forma fria, tentam ser lógicos e consistentes. São sistemáticos.

ATITUDES ESTILO DE VIDA

As pessoas podem ter uma preferência pela função de julgamento (J) ou pela função de percepção (P). A isto chamaram o embaixador para o mundo externo. Grosseiramente um Julgador tentará controlar o mundo, enquanto um Perceptivo tentará se adaptar a ele (são aventureiros).
  1. Julgadores (J). Gostam da rotina. Odeiam surpresas.
  2. Perceptivos (P). Gostam de se arriscar e de mudanças.

RESULTADOS


Com base nos quatro pares de funções psicológicas, Keirsey e Bates (1984) estabelecem quatro perfis gerais de temperamento: SP (realista perceptivo)SJ (realista judicativo)NT (intuitivo racional) e NF (intuitivo sensível). Cada tipo apresenta características pessoais diferenciadas, como resultado da combinação das diversas variáveis pessoais.
Outra forma de nomear esses perfis é: Idealista (NF), Racional (NT), Guardião (SJ) e Artesão (SP). As 16 combinações possíveis para esse teste são as seguintes: INTP · INTJ · INFJ · INFP · ISTP · ISTJ · ISFJ · ISFP · ESTP · ESTJ · ESFJ · ESFP · ENTP · ENTJ · ENFJ · ENFP. 


1. Artesãos são observadores e pragmáticos. Buscando estimulação e virtuosismo, eles estão preocupados em causar impacto. Sua maior força é a tática . São bons na solução de problemas, na agilidade, e na manipulação de ferramentas, instrumentos e equipamentos. Os dois papéis são os seguintes:

    • Operadores: Sua inteligência operacional mais desenvolvida é acelerar. O atencioso Artífice (ISTP) e o expressivo Promotor (ESTP) são as duas variantes do papel.
    • Animadores: Sua inteligência operacional mais desenvolvida é improvisar . O atencioso Compositores (ISFP) e expressivo Performista (ESFP) são as duas variantes do papel.
2. Guardiões são atentos e cooperativos. Busca de segurança e de pertença, eles estão preocupados com a responsabilidade e dever. Sua maior força é a logística . Destacam-se por organizar, facilitar, verificação e apoio. 
  • Administradores: Sua inteligência operacional é mais desenvolvida em  regular . O atencioso Inspector (ISTJ) eo expressivo Supervisor (ESTJ) são as duas variantes do papel.
  • Os conservadores: Sua inteligência operacional é mais desenvolvida em  dar apoio . O atencioso Protetor (ISFJ) e o expressivo Provedor (ESFJ) são as duas variantes do papel.

3. Idealistas são introspectivos e cooperativos. Buscando significado e importância, eles estão preocupados com o crescimento pessoal e encontrar sua própria identidade única. Sua maior força é a diplomacia . Destacam-se por esclarecer, individualizar, unificar e inspirar. 

  • Mentores: Sua inteligência operacional está em desenvolvimento . O atencioso Conselheiro (INFJ) e o expressivo Professor (ENFJ) são as duas variantes do papel.
  • Os defensores: Sua inteligência operacional mais desenvolvida é a mediação. O atencioso Curandeiro (INFP) e o expressivo Campeão (ENFP) são as duas variantes do papel.

4. Racionais são introspectivos e pragmáticos. Buscando maestria e auto-controle, eles estão preocupados com seus próprios conhecimentos e competências. Sua maior força é a estratégia . Eles se destacam em qualquer tipo de investigação lógica, como a engenharia, conceituar, teorização e de coordenação. 

  • Coordenadores: Sua inteligência operacional é mais desenvolvida em arranjar . O atencioso Cérebro-Mestre (INTJ) e o expressivo Marechal (ENTJ) são as duas variantes do papel.
  • Engenheiros: Sua inteligência operacional mais desenvolvida é na  construção . O atencioso Arquiteto (INTP) e o expressivo Inventor (ENTP) são as duas variantes do papel.
Embora as descrições dos temperamentos individuais e papéis variantes tenham sido escritas como um todo, o temperamento em si pode ser entendido comparando-o com os anéis de uma árvore: 
  • O anel interno: abstrato versus concreto
Segundo Keirsey, todos podem exercer tanto a observação e a introspecção. Quando as pessoas tocam em objetos, assistem a um jogo, sentem o sabor dos alimentos, ou percebem o mundo através de seus cinco sentidos, são observadores. Quando as pessoas refletem e se concentram em seu mundo interno, são introspectivos. No entanto, os indivíduos não podem se envolver em observação e introspecção, ao mesmo tempo. Se as pessoas são mais atentas ou introspectivas ao longo do tempo, isso afeta diretamente o seu comportamento.
Pessoas que são geralmente atentas são mais "pé no chão". Eles são mais concretos na sua visão de mundo e tendem a se concentrar em assuntos práticos, tais como alimentos, abrigo, e suas relações imediatas. Carl Jung usou a palavra sensação ao descrever as pessoas que preferem percepção concreta. Pessoas que são geralmente introspectivas são mais "cabeça nas nuvens". Eles são mais abstratos, em sua visão de mundo e tendem a se focarem em coisas ou teorias de questões globais como a igualdade social ou a engenharia. Carl Jung usou a palavra intuição ao descrever as pessoas que preferem a percepção abstrata.
  • O segundo anel: cooperativos versus pragmáticos (utilitário)
Keirsey usa as palavras de cooperação (de acordo) e pragmática (adaptável), quando comparados os temperamentos diferentes. As pessoas que são cooperativas prestam mais atenção às pessoas com outras opiniões e estão mais preocupados em fazer a coisa certa. Pessoas que são pragmáticos (utilitário) prestam mais atenção aos seus próprios pensamentos ou sentimentos e estão mais preocupados em fazer o que dá certo. Não há nenhuma idéia comparável de Myers e Jung que corresponde a esta dicotomia, por isso esta é uma diferença significativa entre o trabalho de Keirsey e de Myers e Jung.
Os temperamentos são pragmáticos: Racionais (pragmática e abstrata) e Artesãos (pragmática e concreta). Os temperamentos cooperativos são: Idealistas (cooperativo e abstrato), e Guardiões (cooperativo e concreto). 
  • O terceiro anel: dirigido (proativo) versus informativo (reativo)
O terceiro anel distingue entre pessoas que geralmente se comunicam para informar os outros e pessoas que geralmente se comunicam para direcionar os outros. Cada um dos quatro temperamentos é subdividida por esta distinção para um resultado de oito papéis.
Os papéis dirigidos são: Operadores (Artesãos dirigidos), Administradores (Guardiões dirigidos), Mentor (idealistas dirigidos) e coordenadores (Racionais dirigidos). Os papéis informativos são:  Animadores (Artesãos informativos), Restauradores (Guardiões informativo), Defensores (idealistas informativo) e Engenheiros (Racionais informativo).
  • O quarto anel: expressivo versus atento
O quarto anel descreve como as pessoas interagem com o ambiente. Os indivíduos que tendem a agir antes de observar são descritos como expressivos. As pessoas que tendem a observar antes de agir são descritas como atenciosas .
SOMANDO ESSAS INFORMAÇÕES TEMOS ESSE QUADRO:

TemperamentoPapelPapel Variante
Abstrato
ou
Concreto?
Cooperativo
ou
Utilitário?
Dirige
ou
Informa?
Expressivo
ou
Atento?
Introspectivo
(N)
Idealistas (NF)
Diplomático
Mentor (NFJ)
Desenvolvimento
Professor ( ENFJ )Educar
Conselheiro ( INFJ )Orientar
Defensor (NFP)
Mediação
Campeão ( ENFP )Motivar
Curandeiro ( INFP )Conciliar
Racional (NT)
Estratégico
(Coordenador NTJ)
Arranjamento
Marechal ( ENTJ )Mobilizar
Cérebro-Mestre ( INTJ )Implicar
Engenheiro (NTP)
Construção
Inventor ( ENTP )Criar
Arquiteto ( INTP )Projetar
Observador
(S)
Guardião (SJ)
Logístico
Administrador (STJ)
Regulagem
Supervisor ( ESTJ )Fazer cumprir
Inspetor ( ISTJ )certificação
Restauradores (SFJ)
Apoio
Provedor ( ESFJ )abastercer
Protetor ( ISFJ )Proteger
Artesão (SP)
Tático
Operador (STP)
Agilizamento
Promotor ( ESTP )Convencer
Artífice ( ISTP )Instrumentação
Animador (SFP)
Improvisação
Performista ( ESFP )Demonstrar
Compositor ( ISFP )Sintetizar

De acordo com Keirsey
O teste pode ser encontrado aqui: http://brainsandcareers.com/ptest.html
E o meu resultado é esse aqui:


Não foi nenhuma surpresa fazer parte do grupo dos NFs ou Idealistas, pois nada poderia me definir mais do que essa palavra. A dúvida que eu tinha era se eu seria um INFP (o sonhador, idealista romântico que quer ajudar as pessoas que ama e, no meu caso, nem sempre sabe como) ou se seria um ENFP (visionário, militante de causas que considero justas e éticas). Nesse teste em particular, o visionário levou a melhor, mas em outros casos deu o sonhador romântico. O interessante é que a única variante entre eles é que o INFP é mais introvertido e o ENFP é mais extrovertido e sociável. Como sou difícil de definir nesse quesito, acho que caibo nos dois arquétipos. Quando me sinto extrovertido, sou militante, brigo, combato em defesa do que (ou de quem) acredito! Quando estou introspectivo, sou o sonhador romântico que quer mudar o mundo, mas nem sabe, primeiro, como melhorar o bairro que moro, apesar de não desistir da tarefa. Agora entendo por que cultuo tanto personagens e líderes históricos como Gandhi, Marthin Luther King, Dalai Lama, Thich Nhat Hanh, Harvey Milk, entre outros. Eu quero ser um Defensor da humanidade. Mas eu não sei ainda como. Preciso descobrir. 

7 comentários:

  1. Esses testes são bacanas e qnd não manipulamos ajudam bte. Sou INTJ. Quando descrobri isso, fiz as pazes com minha introversão e minha melancolia. Desde então, tenho me empenhado em melhorar a relação com o mundo exterior ao invés de esconder no meu próprio casulo. Valeu pelo texto!

    ResponderExcluir
  2. Obrigado pela visita Fabiana!!!! Seja sempre bem vinda!!

    ResponderExcluir
  3. Fiz algumas vezes o teste e sempre deu INFP, mas desconfio muito se me aproximo mais deste perfil porque sou bom em exatas e não sinto tanta vontade de mudar o mundo, entretanto, apesar de ser mais introvertido, tenho facilidade em entender as pessoas e sou bom ouvinte, parte essa que condiz com o teste.

    Também gostei do texto. Ficou bem organizado e direto.
    abrcs,
    D.

    ResponderExcluir
  4. Oie! ENFP que escreve? Participe e conheça a idéia de um blog feito só por ENFPs! Sua participação é importante!

    Grupo do Facebook:
    http://www.facebook.com/groups/410797268937537/

    Descrição da idéia:
    http://euemyers-briggs.blogspot.com.br/2012/03/projeto-enfp.html

    ResponderExcluir
  5. Oi Renan, que interessante esse blog, vou dar uma olhada, vlaeu!!!

    ResponderExcluir
  6. Oi-- Aqui Quem escreve é um ENFJ- A e ja vi o blog do Renan(Eu Myers e briggs)- aliás adorei!!-- O Seu é ótimo tmb, acho que se paresce muito com um ENFP mesmo, bem extrovertido, achei muita informação importante e adorei, meu papel tmb é motivar e seu blog é ótimo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Leomario, obrigado pelos elogios... fico feliz! :)
      Tu tem blog também?

      Excluir