Homem com H maiúsculo

Homem com H maiúsculo
Por que o homem é a maior obra de arte

terça-feira, 16 de dezembro de 2008

Beleza asiática


Os concursos de Miss e Mister mundo 2008 terminaram com uma vitória arrasadora da Ásia. A russa (da Sibéria) Ksenia Sukhinova e o vietnamita Ngo Tien Doan venceram em suas categorias. Enquanto a loira possui uma beleza mais clássica, o rapaz tem pele morena e os olhos puxados. Tanto a Sibéria quanto o Vietnã não são lugares associados à beleza no imaginário da maioria das pessoas.




Tentei fazer um exercício para percebir isso em mim mesmo. Escrevi em um papel as primeiras palavras que esses nomes me faziam vir à cabeça. Para Sibéria saiu "gelo", "lobos", "URSS", "tortura". Para Vietnã deu "guerra", "morte", "napalm", "vietcongs". Se alguém não entende porque pensei em tortura para Sibéria, saibam que essa região da extinta URSS era usada como local de trabalhos forçados para aqueles que eram considerados inimigos do regime soviético. Sobre a guerra do Vietnã nem preciso dizer nada por que filmes norte-americanos como "Apocalipse Now" e outros não nos deixam esquecer dos horrores. 




Dois lugares marcados pela morte e pela irracionalidade humana, hoje, deram ao mundo o casal mais belo do ano. Talvez os concursos de miss e de mister não sejam os prêmios mais importantes do mundo, mas me fizeram pensar sobre a beleza em meio ao caos. De todas as coisas que existem na natureza nós, humanos, ainda somos a coisa mais bela (e ao mesmo tempo mais terrível). Vocês podem achar uma bobagem, mas para mim não deixa de ser incrível e até mesmo um máximo que a beleza sobreviva à destruição e à imbecilidade. Ksenia Sukhinova e Ngo Tien Doan estão aí para provar: nós destruímos e matamos, mas a natureza se renova e fascina com sua beleza. Uma beleza sempre nova e única.




O mais interessante em poder apreciar a beleza humana é que eu não preciso viajar milhares de quilômetros para poder fazê-lo. As cataratas do Iguaçu ficam só no Paraná. O Cristo Redentor só no Rio de Janeiro e as pirâmedes de Gizé só no Egito. Mas há homens e mulheres bonitos em todo lugar. E a diversidade é tanta que ficamos perplexos. Até um tempo atrás quando alguém falava em vietnamitas eu pensava logo em um monte de homens magricelos, feios, com aquele chapeuzinho oriental (que o Raiden usa no Mortal Kombat) e uma arma na mão: a imagem de um combatente vietcongue dos filmes. Não imaginava a existência de um Ngo Tien Doan. Não mesmo. E quem diria que a princesa do gelo iria conquistar o mundo? Pois é, nem eu...

Para todos esses amores que nos iluminam a vida (The love Of Siam)

2 comentários:

  1. Tiago, eu entendi o que você quis dizer na sua postagem, mas no caso da miss russa, independente da origem dela, ela continua dentro de um padrão de beleza mundial: branca,loira, olhos claros e magricela. Acho que ainda está difícil as pessoas fugirem desse olhar padronizado, pois ao ser diferente desse padrão, como no caso do mister mundo, ele é taxado como uma beleza exótica.

    ResponderExcluir
  2. Hahahaha
    Camila, seus comentários serão sempre bem vindos.

    Concordo contigo... mas convenhamos que o vietnamita merecia!!!!
    hauhauah

    ResponderExcluir